Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]



O Forreta

06.11.14

Entre as variantes do género masculino que mais podem dar cabo dos nervos de uma mulher está o Forreta. Não é pior do que o Infiel ou do que o Mentiroso Compulsivo, mas enquanto estes dois tipos conseguem durante algum tempo esconder a sua verdadeira natureza, o mesmo não acontece com o Forreta porque a forretice está sempre presente no dia-a-dia da vida dele, e, consequentemente na nossa, se temos o azar dos nos apaixonarmos por um.

Ser ou não ser Forreta não tem a ver com a quantidade de dinheiro que se ganha, mas com a forma como se lida com isso. Acredito que tudo é energia e que o dinheiro também é, assim como acredito que quanto mais se dá mais se tem, por isso não consigo perceber os homens que se agarram ao dinheiro como se estivessem no pico mais alto do Evereste e lhes faltasse o oxigénio necessário para respirar.

O maior problema de se ser Forreta não é que isso seja um defeito, mas feitio e por isso parte integrante da personalidade do homem em questão. É certo que ele pode ter crescido numa família com poucos recursos ou estar a passar por um período difícil, com dívidas às costas e uma situação e desemprego iminente, mas não são apenas as circunstâncias que condicionam as decisões; é sobretudo o carácter. E um Forreta tem o gene da forretice marcado no seu genoma.

O Forreta é o tipo que faz um desvio na auto-estrada para não pagar 30 cêntimos de portagem, que nunca põe mais de 20 euros de gasolina no carro, que se faz íntimo dos empregados dos bares e dos Relações Públicas para ter copos de borla, que se instala na casa dos amigos ou da namorada, tomando longo duches de 20 minutos e que logo a seguir deixa a torneira do lavatório aberta no máximo enquanto faz a barba para limpar melhor a lâmina, agradecendo jantares e estadias com um sorriso sincero, sem no entanto trazer um presente quando volta.

Para o Forreta existem dois pesos e duas medidas: o dinheiro dele e o dinheiro dos outros. E como tal, desde que sejam os outros a comprar e a pagar, nada é assim tão caro, mas se for ele, então prefere não comprar nem pagar, porque afinal é tudo muito caro.

Não confundir o Forreta com o Oportunista ou Golpista, que é aquele que rouba ou defrauda o próximo extorquindo-lhe dinheiro. Tal tipo de acção nunca passaria pela cabeça do Forreta, porque ele não anda aqui para enganar ninguém. O problema é que tem uma relação estranha com o dinheiro, vivendo obcecado a contar os cêntimos para que chegue ao fim do dia com trocos suficientes para o sagrado maço de cigarros e umas notas miúdas para os copos de fim-de-semana. E se algum dia tem a generosidade de oferecer alguma coisa, nunca se esquecerá que o fez nem deixará de o lembrar, como prova do seu gesto.

Nunca sabemos ao certo quanto dinheiro tem um Forreta, porque tanto pode ter herdado uma pipa de massa como ter os cartões de crédito todos a descoberto. Seja qual for a sua situação, ele não partilha essa informação, porque partilhar não é com ele. Prefere guardar para si tudo o que tem, vivendo obcecado com o objectivo de poupar o mais possível a cada dia que passa. E essa obsessão retira-lhe energia para trabalhar mais, para sonhar mais alto, para ganhar confiança em si mesmo e naqueles que o rodeiam. Nunca se consegue libertar do medo de perder, em vez de pôr as energias naquilo que pode ganhar. E é por isso que raramente um Forreta singra na vida, no amor, no trabalho e nos negócios.

 

 

 

Autoria e outros dados (tags, etc)



Seguir no SAPO

foto do autor


Pesquisar

Pesquisar no Blog

Arquivo

  1. 2015
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2014
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2013
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2012
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2011
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2010
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2009
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D